Bruno Paixão diz que José Sá "feriu a sua honra e dignidade"

O conselho de disciplina da Federação castigou o guarda-redes do FC Porto em dois jogos, por palavras dirigidas ao árbitro após a derrota dos dragões em Paços de Ferreira.

Bruno Paixão diz que José Sá
Imagem: DN

O guarda-redes do FC Porto, José Sá, foi castigado com dois jogos de suspensão na sequência da expulsão ocorrida no final da derrota dos dragões em Paços de Ferreira, no passado domingo.

A decisão foi tomada pelo conselho de disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), após ter lido o relatório do árbitro da partida, Bruno Paixão.

“Muitos parabéns pela excelente vitória que conseguiste aqui, tu e a tua equipa”, terá dito José Sá ao árbitro Bruno Paixão, que o expulsou de imediato por considerar que foram palavras “ofensivas e que colocam em causa a sua honra e dignidade”, conforme se lê no relatório.

bruno-paixao-diz-que-jose-sa-feriu-a-sua-honra-e-dignidade_Porto24

Bruno Paixão sentiu-se ofendido e decidiu, na altura, mostrar um cartão vermelho ao guarda-redes que passou o jogo no banco. Além da suspensão, José Sá foi ainda castigado com uma multa de 1148 euros.

Recorde-se que o guarda-redes foi entre outubro e fevereiro a principal opção de Sérgio Conceição para a baliza do FC Porto, mas perdeu a titularidade para o espanhol Casillas após a derrota no Dragão por 5-0 com o Liverpool.

 

Comente esta notícia