Cantora acusada de abusar da melhor amiga rebate: "Ela nunca disse que não"

O assunto foi o mais comentado desta madrugada nas redes sociais.

Cantora acusada de abusar da melhor amiga rebate:
Imagem: Yahoo

Tem 22 anos, está a ganhar fama por todo o mundo, mas nem só de boas notícias está a ser marcada a sua carreira. Melanie Martinez foi acusada, nesta segunda-feira, de violar a melhor amiga – e as duras palavras foram escritas pela própria, Timothy Heller. Numa carta divulgada pela imprensa internacional, a jovem  afirma que a violação aconteceu após o consumo de drogas e atira: já tinha recusado fazer sexo com Melanie.

Poucas horas mais tarde, a cantora quebrou o silêncio e usou a internet para falar sobre o assunto. “Estou triste e chocada com a história que Timonthy Heller contou. O que ela e eu tínhamos era uma amizade muito próxima. Nós entramos na vida uma da outra num momento em que estávamos a começar as nossas carreiras como artistas, e tentávamos nos ajudar. Lidávamos com os nossos próprios demónios e com os novos caminhos à nossa frente, e eu realmente senti que nos apoiávamos. Ela nunca disse ‘não’ para o que escolhíamos fazer juntas. Apesar dos caminhos separados, estou sempre a enviar-lhe amor e luz”, escreveu Melanie Martinez.

Na carta em que fez a bombástica revelação, a jovem Timothy revelou ainda que as duas nunca tocaram no assunto. “Nós nunca mais falamos sobre essa noite novamente. A nossa amizade acabou. A única razão para fazer isso agora é porque, dado os eventos recentes, as pessoas vão acreditar em mim. Se alguém duvidar dessa história de abuso, peço que imagine a Melanie como se fosse um homem. Raparigas podem estuprar Raparigas. Amizade não é igual a consenso. Silêncio não é igual a consenso”, desabafou a alegada vítima.

Melanie Martinez iniciou a carreira ao participar do “The Voice” norte-americano, em 2012. A cantora é famosa pelas interpretações dos hits Dollhouse, Mad Hatter e Carousel.

Na madrugada desta terça-feira, a acusação de violação foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais.

 

Comente esta notícia