E se no final ganhasse o Sporting?

Matematicamente os leões ainda não estão arredados do título, mas só uma escorregadela histórica dos rivais pode dar a conquista do campeonato ao clube de Alvalade.

E se no final ganhasse o Sporting?
Jornal i

Em véspera de dérbi de Lisboa o Sporting está a oito pontos do líder Benfica e a cinco do FC Porto, segundo classificado. A cinco jornadas do fim, há ainda 15 pontos em disputa, logo matematicamente, o Sporting ainda pode ser campeão. Claro que, está os dependem de vários deslizes dos rivais mas pelas últimas exibições, os leões não parecem ter deixado de acreditar.

E a primeira grande oportunidade é já este sábado frente ao Benfica em Alvalade. Em caso de vitória os leões reduzem a desvantagem para o líder, que pode também perder a liderança em caso de vitória do FC Porto frente ao Feirense.

Mas o campeonato é uma maratona e ainda há muitos metros por galgar antes de cortar a meta e muitos clubes na tabela com objectivos próprios, que prometem dificultar a vida aos clubes do topo da corrida.

O Sporting depois de enfrentar o Benfica ainda vai ter uma difícil deslocação à Pedreira para defrontar o Sp. Braga, recebe o Belenenses em Alvalade, na penúltima jornada o Feirense fora e fecha o campeonato em casa frente ao Desp. Chaves.

Já o Benfica depois da deslocação a Alvalade, recebe o Estoril, desloca-se aos Arcos para defrontar o Rio Ave, recebe o V. Guimarães e na última jornada desloca-se ao Bessa para defrontar o Boavista.

Enquanto o FC Porto depois de receber o Feirense tem que atravessar o Marão e defrontar o Desp. Chaves, ir à Madeira para jogar com o Marítimo, recebe o Paços de Ferreira e na última jornada volta a ter uma deslocação desta feita para defrontar o Moreirense.

Uma reta final emocionante em que ninguém terá vida fácil. Resumindo o Sporting já não é oficialmente um candidato ao título mas se continuar a não deixar escapar pontos e os seus adversários acabarem por deslizar o os leões ainda podem roubar a festa e comemorar o primeiro campeonato em 15 anos.

 

Comente esta notícia