Famílias desenterram mortos para cumprir tradição

Desenterram os seus entes queridos de 3 em 3 anos para lhes trocar a roupa e tirar fotos de família. As imagens não são para pessoas sensíveis.

Famílias desenterram mortos para cumprir tradição
Imagem: CM

No Festival Ma’nene – Limpeza do Cadáver – a comunidade indonésia de Toraja desenterra os seus familiares para poder passar um dia com eles. Para tal, lavam-nos, trocam as suas roupas e tiram fotos de família. Este ritual ancestral visa permitir que as pessoas possam estar com aqueles que amam, mesmo que já tenham partido.

familias-desenterram-mortos-para-cumprir-tradicao_CM

Para travar a decomposição acelerada dos corpos, os caixões são reparados ou substituídos por novos sempre que se desenterram os familiares. Além disso, a maior parte dos corpos são mumificados cuidadosamente após a morte, de forma a que não reste apenas o esqueleto dos entes queridos.

familias-desenterram-mortos-para-cumprir-tradicao_CM

Após o momento de convívio, os populares têm por hábito depositar junto dos corpos objetos valiosos, razão pela qual tem havido cada vez mais casos de roubos de caixões.

familias-desenterram-mortos-para-cumprir-tradicao_CM

A forma como esta comunidade lida com a morte tem causado o espanto e o choque um pouco por todo o mundo. Apesar de haver um respeito generalizado pelas diferenças culturais, são muitas as pessoas que condenam a profanação das sepulturas e o facto dos populares tratarem os corpos dos entes queridos como autênticos adereços de uma festa.

familias-desenterram-mortos-para-cumprir-tradicao_CM