Federação decide: Sporting vence Benfica

Na luta de clubes, o atletismo verde e branco venceu. A Federação colocou a queixa das águias de parte e deu razão ao Sporting no caso “Nelson Évora”. O Benfica vai recorrer nos tribunais.

Federação decide: Sporting vence Benfica
Nélson Évora, Rasul Dabo, Marcos Caldeira, Hélio Gomes e Tiago Aperta são legais no Sporting.

Federação marca: Sporting 1 x Benfica 0. A vitória, já emplacada, deve partir para a decisão nos tribunais.

Os leões marcaram um ponto à frente e as águias ficaram a perder – pelo menos no que toca às disputas ligadas ao atletismo dos clubes. Nesta segunda-feira, a Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) notificou o Benfica sobre a decisão: não há ilegalidade na inscrição de Nelson Évora, Rasul Dabo, Hélio Gomes, Marcos Caldeira e Tiago Aperta por parte do Sporting.

Recorde-se que os atletas não tiveram dúvidas e fizeram uma troca que mexeu com os ânimos encarnados: abandonaram a Luz para disputar em nome de Alvalade. Depois dos Jogos Olímpicos, momento que encerrou o contrato que os mantinha ligados ao Benfica, a substituição de clubes foi decidida no meio de polémica. As águias tentaram exercer o direito de preferência, mas os altos valores que os leões ofereceram pesaram mais e a troca foi confirmada.

Com o dinheiro a falar mais alto, o triplista Nelson Évora e também Rasul Dabo, Marcos Caldeira, Hélio Gomes e Tiago Aperta foram oficialmente inscritos pelos leões – e, de acordo com a recente decisão da Federação, tudo foi feito de forma legal.

O jornal Record avançou com a notícia de que os encarnados passam assim a ter dez dias para recorrer da decisão. A publicação adianta ainda que o processo já foi entregue ao departamento jurídico do Benfica e deve seguir para mais uma luta nos tribunais.

 

Comente esta notícia