Júlia acusa colega de imaturidade por não perdoar traições amorosas

Sobre perdoar a pessoa amada de uma traição, João Paulo Rodrigues disse que jamais perdoaria. Júlia Pinheiro respondeu dizendo: "Tu não sabes... és novo...Se fores adulto ultrapassas isso".

Júlia acusa colega de imaturidade por não perdoar traições amorosas
Imagem: Be a Woman

No decorrer do programa Queridas Manhãs” desta terça-feira, Júlia Pinheiro, João Paulo Rodrigues e Cláudio Ramos discutiam o tema da traição e dos casos extraconjugais. Falavam sobre casais que já não sentem vontade e desejo sexual e Júlia aproveitou a oportunidade para citar uma publicação que tinha lido, onde se defendia “uma traiçãozinha” para apimentar o casamento.

“Dizem que o adultério é a grande base do casamento”, começou por dizer. Nisto, João Paulo Rodrigues interveio, questionando a razão de tal afirmação. “Porquê?”, perguntou.

“Porque as pessoas satisfazem os seus delírios e as suas fantasias e depois voltam para o seu amor”, respondeu a apresentadora. João Paulo Rodrigues não se deixou ficar e atirou: “Ai não, não quero saber. Ai foste experimentar? Adeus!”

julia-acusa-colega-de-imaturidade-por-nao-perdoar-traicoes_Zapping

Perante a convicção do colega, que expressava ser absolutamente inflexível em caso de traição, Cláudio Ramos disse: “Não sejas assim”. Neste momento Júlia perguntou-lhe “Já foste traído?”, ao que João Paulo respondeu: “Que eu saiba não”.

“Eu não digo que não possa acontecer, mas se me acontecesse, eu não ia continuar com aquela pessoa, porque não ia conseguir confiar nela nunca mais”, afirmou o apresentador, ao que Júlia retorquiu: “Tu não sabes… és novo…”

“Sei sei, se há coisa que eu conheço é a mim próprio, e a minha forma de reagir. Eu não critico ninguém, não faço juízos de valor, nunca. Agora, eu tenho a minha maneira de estar na vida. E eu sei que se uma pessoa me traísse, eu não ia conseguir olhar para aquela pessoa da mesma forma. Ia estar sempre a pensar, ‘Onde é que foste?’, ‘Com quem é que estiveste?'”.

“Mas se fores adulto ultrapassas isso”, respondeu de imediato Júlia Pinheiro, dando a entender que considera imatura a opinião do colega.

 

Comente esta notícia