PT convida mais 400 trabalhadores a sair

Sindicatos lamentam a falta de resposta do Governo de António Costa sobre a estratégia de cortes da Altice.

PT convida mais 400 trabalhadores a sair
Imagem: Expresso

Tal como avança o jornal Público, a PT contactou 400 trabalhadores da direcção de atendimento ao cliente (DAC) para rescindirem os contratos de trabalho. “O objectivo é substituí-los por trabalhadores em outsourcing, numa situação mais precária e a ganhar menos”, revelou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Portugal Telecom (STPT), Jorge Félix.

Segundo Jorge Félix, os contactos começaram “há cerca de um mês, mas a empresa nunca põe nada por escrito; ou são telefonemas, ou as pessoas são abordadas pessoalmente”. O representante dos trabalhadores acrescenta ainda a informação de que a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), que esta semana reuniu com os sindicatos e a comissão de trabalhadores, “aconselhou as pessoas a pôr por escrito tudo o que lhes é transmitido pela empresa, e em particular pela direção de recursos humanos”, e a partilhar esses dados com os serviços de inspeção.

Os colaboradores dispensados são “pessoas de várias idades” que estão a fazer atendimento telefónico aos clientes, e se não aceitarem as propostas de rescisão, “não sabemos o que lhes acontecerá”, admitiu o representante sindical.

A situação mais preocupante é que muitos trabalhadores estão a ponderar mesmo rescindir os contratos: “Vão sem direitos para o fundo de desemprego, mas preferem isso a continuar neste clima de stress global”, revelou Jorge Félix.

Num cenário de angústia permanente, o descontentamento dos sindicatos vira-se agora para o Governo. Depois de não terem sido recebidos pelo primeiro-ministro António Costa, os trabalhadores da PT aguardam agora o relatório que a ACT se comprometeu a entregar-lhes no final da próxima semana.

Comente esta notícia