Ronaldo: “Querem atingir-me de todos os lados”

Ganhou mais um prémio, mas não esquece as “campanhas contra”. Cristiano Ronaldo deu uma entrevista e deixou alguns recados.

Ronaldo: “Querem atingir-me de todos os lados”
Craque é, novamente, o melhor do mundo

Imagem: Instagram Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo é, outra vez, o melhor do mundo. Quem o diz é a FIFA, que ontem lhe entregou mais um galardão de ouro.

O craque português não está, no entanto, totalmente feliz. “Havia muitas dúvidas, muitas campanhas contra mim, dentro e fora do futebol”, queixou-se em entrevista à rádio espanhola COPE.

Ronaldo referia-se, entre outras coisas, ao alegado esquema de fuga aos impostos em que o seu nome foi recentemente envolvido pelas “Football Leaks”. De acordo com alguns órgãos de comunicação social, o internacional português teria escondido mais de 150 milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas para escapar ao pagamento dos impostos devidos.

Na altura das acusações, Ronaldo garantiu que “quem nada deve, nada teme na vida”, mas agora admite que a situação ainda o perturba: “Incomoda-me e continua a incomodar-me, mas a justiça é sempre feita no final, então vamos esperar e ver o que acontece”.

“Querem atingir-me de todos os lados e a verdade é que o melhor foi o melhor e sou eu, portanto estou muito feliz”, disse Cristiano, que avisa ainda para a possibilidade de quem o ataca estar só a tentar desviar as atenções para “camuflar o mal que outros fazem”.

 

Comente esta notícia