Times Square: condutor acusado de homicídio

O homicídio terá sido intencional, mesmo que não premeditado. O condutor confessou que na altura, "ouviu vozes".

Times Square: condutor acusado de homicídio
Imagem: JN

Na sequência do incidente de ontem em Nova Iorque, no qual um carro avançou sobre uma zona pedonal em plena hora de ponta no centro de Manhattan, em Times Square, a polícia nova-iorquina tornou público que Richard Rojas, de 26 anos, foi acusado na quinta-feira à noite de homicídio em segundo grau (intencional, mas não premeditado), de vinte tentativas de homicídio e de homicídio por atropelamento agravado.

times-square-condutor-acusado-de-homicidio_JN

O condutor, um veterano da marinha norte-americana que foi dispensado após problemas disciplinares, será hoje formalmente acusado.

A vítima mortal é um turista norte-americano de 18 anos oriundo do Estado do Michigan. A irmã da vítima mortal, uma jovem de 13 anos, consta entre as 22 pessoas que ficaram feridas no incidente. Quatro dos feridos encontram-se em estado crítico.

Informações divulgadas pela imprensa indicam que o homem confessou à polícia que estava “a ouvir vozes” na altura do incidente.

 

Comente esta notícia