Vanda Miranda quebra o silêncio

Um mês e meio depois de passar para a M80, Vanda Miranda comentou a saída da Comercial.

Vanda Miranda quebra o silêncio
A locutora não esquece os ataques dos fãs

Imagem: Facebook Vanda MirandaDepois da grande polémica que envolveu a mais badalada transferência do ano na rádio nacional, Vanda Miranda falou, pela primeira vez, sobre a sua saída da Rádio Comercial. A locutora iniciou um novo projeto profissional numa fase em que se encontrava em rota de colisão com Pedro Ribeiro (o seu chefe, na altura), e confessa que, embora feliz, ainda está magoada com a situação.

Vanda passou para a M80 e, se a mudança de estação não foi consensual, mais controverso foi o seu regresso ao horário das manhãs, uma vez que havia justificado a anterior saída com a necessidade de ir levar o filho, Tiago, de sete anos, à escola. Um mês e meio depois da reviravolta profissional, a locutora esteve à conversa com a TV7 Dias.

“Acho que houve uma confusão. Aquilo que eu disse é que uma das grandes vantagens – ou a grande vantagem – que eu via na mudança de horário e de rádio era poder levar o meu filho à escola. Na altura foi entendida como a razão, o que não foi o que eu disse”, esclareceu, confessando ter ficado magoada com algumas mensagens enviadas pelos fãs. 

“Não é fácil. Ainda por cima quando era o papel de mãe que estava em causa, mas pronto, a vida é para a frente”, sublinhou, garantindo que com Tiago está tudo bem. “Ele não fica sozinho em casa nem amarrado a uma árvore à frente da escola. Eu sei que havia várias teorias”, lamentou.

A única coisa que Vanda Miranda mudava – caso pudesse – talvez fosse a forma como a saída da Comercial foi consumada. “Na altura pensou-se que não seria preciso uma grande despedida e se calhar era. Devíamos ter pensado numa despedida formal do programa, de maneira a evitar tantos comentários”, concluiu.

Comente esta notícia