Vila do Conde: parque radical para pessoas com deficiência

Projeto pioneiro em Portugal visa promover a inclusão.

Vila do Conde: parque radical para pessoas com deficiência
Imagem: Uniarea

Projeto pioneiro em Portugal vai ser inaugurado em Junho, em Vila do Conde. O Parque Raró, localizado da freguesia de Ferreiró, vai disponibilizar um espaço de lazer e atividades radicais adaptado para pessoas portadoras de deficiência, numa tentativa de promover a inclusão.

A iniciativa partiu da instituição vila-condense MADI (Movimento de Apoio ao Diminuído Intelectual), que, com verbas próprias, investiu no equipamento – para usufruto de pessoas com e sem deficiência.

Tal como explica Elisa Ferraz, membro da direção do MADI, “a ideia inicial é durante a semana funcionarmos apenas com marcações, mais direcionadas para escolas e outras instituições, mas ao fim de semana estarmos abertos a todo o público”.

Neste parque será possível um utilizador de cadeira de rodas ou um invisual completar, sempre com assistência, um percurso de arborismo ou até uma descida em slide, uma vez que os equipamentos foram concebidos com exigências especiais.

Além das atividades radicais, o Parque Raró vai também acolher outras zonas de lazer e sensoriais, além de uma quinta pedagógica, com vários animais, e um borboletário.

Comente esta notícia