63 graus no Kuwait: é o verão mais quente da história do planeta

Plásticos dos carros a derreter, árvores a arder, milhares de animais mortos e outros tantos em sofrimento, pessoas a morrer sufocadas e desidratadas. Temperaturas mais altas de sempre estão a preocupar o mundo.

63 graus no Kuwait: é o verão mais quente da história do planeta
Imagem: Youtube

Na Cidade do Kuwait, o novo recorde para a temperatura mais alta do mundo foi alcançado, chegando a 63 graus Celsius. Há registo de várias pessoas mortas, devido ao calor, e muitas outras a sofrer de desidratação severa.

De acordo com o jornal local “Al Qabas”, os termómetros da cidade chegaram aos 53 graus Celsius na sombra , e 63 graus quando receberam luz solar direta.

63 graus kuwait

As autoridades do país árabe recomendaram que os seus habitantes tomem as devidas precauções para evitar a desidratação. Os estragos pela cidade são incomensuráveis e, além das pessoas, a preocupação está agora dirigida para os animais.

A comunidade científica internacional informou que é a temperatura mais alta registada numa cidade habitada por seres humanos. Antes desse evento, o recorde pertencia ao Vale da Morte, na Califórnia , onde a temperatura chegou a a atingir 56,7ºC em 1913 .

Veja aqui um vídeo que está a circular na internet sobre a ajuda que está a ser dada aos animais >>

 

Comente esta notícia