Benfica reage a episódio de cachecol usado na festa do FC Porto

E Francisco J. Marques reagiu de imediato, mostrando uma imagem comprometedora de Luís Filipe Vieira.

Benfica reage a episódio de cachecol usado na festa do FC Porto
Imagem: Twitter

O Benfica reagiu, através do Twitter destinado à comunicação social, a um cachecol usado pelo jogador do FC Porto Alex Telles, durante os festejos do título na Avenida dos Aliados, no Porto.

O clube encarnado considerou o ato indigno e, na legenda da imagem – onde o brasileiro enverga um cachecol a dizer “Toda a merda é Benfica” -, escreveu: “A cultura do ódio e da inveja de quem mesmo quando festeja não esconde o seu enorme complexo de inferioridade”.

O jogador dos azuis e brancos recorreu, entretanto, ao Instagram para pedir desculpa pelo sucedido, alegando que não sabia o que estava escrito no cachecol.

“Jamais apoiarei o ódio. De uma forma inocente e na euforia, acabei por exibir um cachecol que me foi passado não sabendo o que estava escrito. Respeito toda a gente e todos os clubes, se alguém se sentiu ofendido, foi sem intenção e peço desculpa. Viva o F. C. Porto. Amo esse clube e é só isso que quero sentir e pensar”, escreveu Alex Telles.

Já o diretor de comunicação dos dragões não foi tão pulido. Fancisco J. Marques publicou uma imagem de Luís Filipe Vieira a erguer um cachecol com a frase “anti-tripeiros” e relembrou os cânticos dos adeptos encarnados no Estádio de Alvalade, que faziam referência a um adepto do Sporting que morreu atropelado nas imediações do Estádio da Luz.

“Alex Telles não só é um grande campeão como dá sempre a cara. Sem querer errou mas foi humilde e pediu desculpa. E o ladrão de camiões já pediu desculpa? E o Benfica já pediu desculpa do cântico de Alvalade? Virgens ofendidas e hipócritas”, escreveu o dirigente portista nas redes sociais.

 

Comente esta notícia