Boaventura para Francisco J. Marques: "Só estou à espera de mais provas para vos enterrar"

Empresário respondeu, desta forma, ao diretor de comunicação do FC Porto, que classificou os alegados subornos a jogadores do Rio Ave como "o maior escândalo do futebol português".

Boaventura para Francisco J. Marques:
Imagem: CM

César Boaventura, empresado suspeito de ter aliciado jogadores do Rio Ave para facilitarem frente ao Benfica, respondeu a Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, após este ter realçado a sua ligação ao clube da Luz.

“Só para deixar uma informação ao maior mentiroso do futebol português. Até ao julgamento de ontem, nunca eu tinha estado pessoalmente com o Cássio, nunca eu tive o número de telemóvel do Cássio e nunca tinha falado com o Cássio. Daí ser fácil saber que não estou em nenhuma escuta telefónica da Polícia Judiciária com o Cássio! Mais remeto para tribunal com as respetivas queixas-crime”, começou por escrever o agente de futebol no Facebook.

Boaventura para Francisco J. Marques:

E continuou: “Mas já agora pode contar a história do Feirense vs Rio Ave, qual o jogador do Rio Ave que não está em nenhum processo estava a fazer de intermediário na ligação ao Rio Ave e quem eram os corruptores. Um dia destes eu entrego a PJ os nomes, quem recebeu 15.000€ e quem foi que pagou, só estou a espera de mais provas concretas para vos enterrar, mexeram com quem não deviam”.

Boaventura para Francisco J. Marques:

Recorde-se que Francisco J. Marques encarou as acusações de tentativa de corrupção de Lionn e Cássio, por parte de César Boaventura como o “maior escândalo do futebol português”.

Na perspetiva do dirigente portista, o empresário estava a trabalhar em prol do Benfica e a mando de Luis Filipe Vieira, o que, a seu ver, dá força à tese de uma rede montada pelos encarnados.

 

Comente esta notícia