Bruno de Carvalho pede o divórcio a Joana Ornelas

Bruno de Carvalho pediu esta sexta-feira, dia 3 de agosto, o divórcio da mulher, Joana Ornelas, após 1 ano de casamento. O casal tem um menina de 4 meses.

Bruno de Carvalho pede o divórcio a Joana Ornelas
Imagem: Record

Bruno de Carvalho pediu o divórcio a Joana Ornelas. A informação foi avançada por Cláudio Ramos no seu blogue. Recorde-se que o apresentador e blogger é amigo da esposa do ex-presidente do Sporting.

“A informação é certa e garantida. Eu dei a data do casamento, a gravidez da Joana, a primeira crise do casal e sempre se confirmou, apesar de muitas vezes contrariado”, disse Cláudio Ramos.

“Bruno de Carvalho avançou com o pedido de divórcio a Joana Ornelas. A decisão foi tomada ontem (dia 3 de agosto) ao final da tarde”, escreveu, acrescentando: “Sempre imaginei que a situação mediática onde Bruno estava envolvido iria prejudicar tudo e que o casamento não iria resistir a isso”.

Bruno de Carvalho pede o divórcio a Joana Ornelas

Sabe-se que foi por essa razão que Bruno de Carvalho faltou à campanha das eleições do Sporting, alegando ter questões pessoais “imprevisíveis e inadiáveis”, tal como escreveu no Facebook. “A minha família precisa da minha presença”, acrescentou.

Lembrando que a decisão não foi tomada de ânimo leve, até porque o casal tem uma filha de apenas 4 meses, o apresentador insistiu: “Não restam dúvidas: Bruno de Carvalho avança com o pedido de divórcio a Joana Ornelas”

Cláudio Ramos disse ainda que Bruno sentiu que “não conseguiu contar com o apoio da mulher” após os primeiros seis meses da união, em especial durante o processo de destituição, e descobriu até que “de dentro de casa saíam informações para a imprensa”.

Recorde-se que Bruno de Carvalho e Joana Ornelas casaram-se no dia 1 de julho de 2017, no Mosteiro dos Jerónimos. O amor e a união acabaram por não resistir à vida atribulada do ex-líder leonino.

 

 

 

Comente esta notícia