Bruno de Carvalho apontado como mandante no Cashball

Ordem para subornar árbitros de andebol e jogadores de futebol de equipas adversárias do Sporting partiu de Bruno de Carvalho, garantiu testemunha.

Bruno de Carvalho apontado como mandante no Cashball
Imagem: Record

Bruno de Carvalho foi apontado como mandante do esquema de corrupção “Cashball”, avança a TVI. Em causa estão as declarações prestadas por Paulo Silva ao Ministério Público.

De acordo com a estação televisiva, o empresário, que denunciou o esquema de subornos a árbitros de andebol na época 2016/2017, assim como a jogadores de futebol na época 2017/2018, disse que o ex-presidente do Sporting foi o mandante das operações.

O agente contou que foi João Gonçalves, empresário também detido pela PJ no âmbito deste caso, que lhe contou que o cérebro por trás do esquema era Bruno de Carvalho.

bruno mandante cashball

Este caso em particular já levou à detenção de André Geraldes (na imagem), antigo braço-direito de Bruno de Carvalho e ex-Team Manager da equipa principal de futebol dos leões, além de Gonçalo Rodrigues, funcionário do Sporting, do empresário João Gonçalves e do próprio Paulo Silva.

O então presidente leonino, que não integrou o grupo de detidos neste processo, está agora na mira das autoridades, na sequência destas declarações prestadas por Paulo Silva, que confessou ter sido intermediário neste caso de corrupção desportiva.

 

Comente esta notícia