Carta a propor "carinho" a menores causa alarme no Porto

Moradores ficaram incrédulos após lerem as duas páginas deixadas nas caixas do correio. "Procuro os filhos que nunca pude ter - gostaria de ter vários amigos novinhos, até aos 16 anos de idade, que possa acarinhar regularmente e ajudar a criar e a educar".

Carta a propor
Imagem: CS

“Procuro os filhos que nunca pude ter – gostaria de ter vários amigos novinhos, até aos 16 anos de idade, que possa acarinhar regularmente e ajudar a criar e a educar.”

Este é o início de uma carta que foi deixada nas caixas de correio de dezenas de pessoas, no Bairro Fonte da Moura, em Aldoar, no Porto. A insegurança espalhou-se entre a comunidade, que recorreu às autoridades.

carta causa alarme no porto

Aliás, o alarme causado motivou duas participações na PSP, que abriu uma investigação. “Estamos em pânico. Há aqui muitas mães, com filhos muito pequenos e até adolescentes que correm o risco de serem abordados por este indivíduo”, contou Sónia Alves, mãe de um filho de um ano e outro de três. Os apelos chegaram às redes sociais, com pedidos de reforço da atenção pelas ruas do bairro.

Na carta, o suposto autor diz que procura “meninos e rapazes humildes que são mais simples, gratos e calorosos”. Descreve-se como “culto, determinado, artista pela escrita e fotografia, sensível e gentil”. Faz questão de frisar que adora crianças e adolescentes “ajuizados e bem-dispostos”.

carta causa alarme no porto

No final, lê-se: “Se ela concordar, por favor, peçam à vossa mãe solteira, divorciada ou viúva para me enviar o vosso nome, idade e número de telefone para combinarmos um primeiro encontro pessoalmente”.

“A maior parte das mães recebeu a carta. Eu fiquei mesmo muito assustada e fui apresentar a queixa à PSP. Não sabemos quem ele é”, disse Patrícia Alves, preocupada com os quatro filhos. “É uma coisa sem pés nem cabeça. Estamos traumatizadas”, referiu Maria Machado, que teme pelo neto.

 

Comente esta notícia