Clara de Sousa sobre morte da mãe: "Foi um episódio até bastante bonito"

A carismática jornalista da SIC contou a história do dia em que perdeu uma das pessoas que mais amava.

Clara de Sousa sobre morte da mãe:
Imagem: Notícias ao Minuto

Clara de Sousa foi a convidada de Júlia Pinheiro desta segunda-feira. A jornalista da SIC falou sobre o dia em que perdeu a mãe, Eugénia.

“Tenho uma memória da minha mãe. Uma de quando ela morreu. Porque a minha mãe morreu comigo a segurar nela”, começou por dizer.

A pivô definiu o momento como “um episódio até bastante bonito”.

Clara de Sousa sobre morte da mãe:

“Ela estava internada no hospital de Cascais, disseram-me que já não vinha para casa, e eu estava lá. Eram dez para as seis e a enfermeira disse-me para eu sair porque tinham de mudar a cama – a minha mãe estava a respirar com dificuldade – e eu saí”, relatou.

“Passado um bocadinho chamou-me. Assim que entrei e me sentei, segurei na mão dela. Não passou nem um minuto. Ela suspirou e morreu. Fiquei sempre com aquela sensação que ela esperou que eu voltasse. Foi um momento quase poético”, recordou.

Clara de Sousa sobre morte da mãe:

Numa outra entrevista, à revista “Máxima”, a jornalista já tinha referido a dor desta perda. “A morte da minha mãe foi uma coisa que me secou […] Fui encontrar forças em mim e na minha função de mãe dos meus filhos”, disse.

 

Comente esta notícia