Cristina diz que ainda falta um sonho para realizar: o do pai

Em pequena, passava as férias na Ericeira mas, mal pôde, começou a viajar. Um gosto que passou ao pequeno Tiago. Porém, sente que, provavelmente, não vai conseguir realizar o grande sonho do pai.

Cristina diz que ainda falta um sonho para realizar: o do pai
Imagem: Impala

Numa entrevista à revista Nova Gente, Cristina Ferreira disse que a sua viagem de sonho era “fazer a Route 66”, nos Estados Unidos da América Como viajar é uma das suas grandes paixões, até porque, quando eu era pequena, não teve essa oportunidade, pois os pais não podiam, a apresentadora fez questão de incutir essa paixão no seu filho Tiago.

“As minhas férias eram entre a Ericeira e pouco mais, o que já era muito bom para a altura. Mas, mal tive a possibilidade de começar a viajar, apanhei o primeiro avião e lá fui eu! E é como se costuma dizer: isto entranha-se. Eu trabalho para fazer muitas coisas, mas sem dúvida que uma delas é viajar. É onde eu consigo ir buscar alguma coisa que me acrescente algo na minha vida”

“O que retiro das viagens é, acima de tudo, a paz, a tranquilidade, a energia e o contacto com os outros. Curiosamente, e apesar daquilo que as pessoas veem na televisão, eu em viagem não sou muito faladora, nem de meter conversa, nem daquelas que vão tentar descobrir coisas muito estranhas”.

Cristina diz que ainda falta um sonho para realizar: o do pai

Confessou também que nunca viajou sozinha, “experiência que nunca tive coragem para fazer. Confesso mesmo que até tenho algum receio em fazê-lo. Não tenho essa capacidade. Mesmo quando viajo com o Tiago, nunca o faço sozinha. Penso que se me acontecer alguma coisa, o que é que o meu filho vai fazer?”

“Há pessoas que não têm receio disso, mas a verdade é que as coisas acontecem quando tem de ser. Depois, acho que é muito difícil estar num restaurante sozinha, num outro local qualquer… isso faz com que as pessoas se aproximem de nós para meter conversa e eu, tímida como sou, fico apavorada que isso aconteça. Mas pode ser que um dia me lance nessa aventura. Nunca se sabe!”, atirou.

“Levo quase sempre o Tiago, a minha mãe e outros familiares… gosto muito de proporcionar aos outros momentos de felicidade. Por exemplo, recentemente, a professora do Tiago, que é a diretora de turma, disse que as composições dele são quase todas sobre viagens. Ela disse que ele até podia estar a contar que estava a dar milho aos pombos, mas que o fazia numa praça em Paris. Isso é fascinante!”, disse.

Cristina diz que ainda falta um sonho para realizar: o do pai

“Quer dizer que estou a conseguir passar-lhe esse mundo e essa paixão. Além de que é nessas viagens que o Tiago tem a mãe só para ele e não há ninguém que, de uma forma ou outra, me vá lá buscar. O Tiago tem essa necessidade”.

A estrela da SIC revelou ainda que gostava muito de realizar o grande sonho do pai, António Ferreira, mas não sabe se vai ser possível.

“Sei que o meu pai gostava de voltar a Angola, mas sei que tem receio do que lá vai encontrar. O único avião que ele apanhou foi esse e foi para ir para a guerra, por isso não sei se consigo voltar a fazer com que ande de avião. Já a minha mãe acompanha-me muitas vezes. Gosta de fazer os outros felizes? Muito. Ver o brilho no olhar dos outros é algo fantástico e uma das coisas que me deixa mais feliz”, rematou.

 

Comente esta notícia