Ex-mulher de Bruno: "Tenho um saco cheio de histórias dele para contar"

A bielorrussa Irina Yankovich, mãe da filha mais velha de Bruno de Carvalho, revelou os anos de terror que viveu ao lado do ex-presidente do Sporting.

Ex-mulher de Bruno:
Imagem: Flash

A primeira mulher de Bruno de Carvalho, Irina Yankovich, de 44 anos, concedeu uma entrevista exclusiva à revista TV Guia, na qual contou os detalhes da relação que terminou mal: com a intervenção da PSP. Ameaças, insultos e um tratamento desumano contribuíram, de acordo com a bielorrussa, para o fim de um casamento que durou 5 anos.

Irina é a mãe da filha mais velha do ex-presidente do Sporting, Ana Catarina, que vive com o pai e que está proibida de falar directamente com a mãe a não ser com autorização de Bruno.

Ex-mulher de Bruno:

Irina recuou até ao início da relação para revelar os anos de terror vividos ao lado do pai da sua filha. Disse que conheceu Bruno de Carvalho num “night club” de Lisboa, onde aliciava os clientes a consumir bebidas. A bielorussa garante que nos primeiros 8 meses de namoro Bruno era “um príncipe”, mas que depois tudo mudou.

Com o tempo, Bruno começou a mostrar a sua verdadeira personalidade. “Começou a gritar comigo e irritava-se com facilidade quando alguma coisa não corria bem. Se eu não estivesse de acordo com ele, a culpa passava a ser toda minha. Ou seja, ou estava de acordo com ele ou levava com insultos”.

Ex-mulher de Bruno:

A bielorrussa garantiu que nunca foi agredida fisicamente, mas que ouviu muitas vezes: “não prestas para nada”; “és uma porca”; “és uma atrasada mental”; “és uma estúpida”.

Irina fala ainda em traições da parte de Bruno de Carvalho, ameaças e um tratamento desumano. A relação chegou ao fim e o litígio prossegue, uma vez que Bruno não quer a filha perto da mãe.

“Fomos para tribunal, ele ficou com a custódia da menina. Não me deixou ver a Ana Catarina durante 3 anos. Fiquei privada de veer a minha filha. Chantageou-me, ameaçando que ia dizer a toda à gente e à nossa filha onde tinha conhecido a mãe”, contou, acrescentando que, desde então, tem manipulado a filha para, assim, se manter afastada da mãe.

 

 

Comente esta notícia