Festival cobra mais dinheiro pela entrada a pessoas brancas

No preçário existia a referência a "pessoas de cor" e a "pessoas brancas", sendo que, para estas últimas, o bilhete custava o dobro.

Festival cobra mais dinheiro pela entrada a pessoas brancas
Imagem: Delas

O festival AfroFuture Fest, que decorreu em Detroit, nos Estados Unidos, decidiu cobrar mais 10 dólares a pessoas brancas que quisessem adquirir o bilhete, uma atitude que está a gerar uma onda de revolta nas redes sociais.

Na tabela com o preço dos bilhetes existia o bilhete “POC” (People of Color – pessoas de cor) que custava 10 dólares e o bilhete “NONPOC” para pessoas brancas, que tinha o valor de 20 euros.

festival cobra mais dinheiro a brancos

Depois de a tabela de preços ter sido publicada, o rapper Tiny Jag cancelou o seu concerto e a plataforma de venda de ingressos ameaçou eliminar a publicação, o que fez a organização do AfroFuture Fest voltar atrás na sua decisão e eliminar a taxa.

A plataforma de venda de bilhetes, Eventbrite disse que “não permite eventos em que os participantes paguem diferentes preços com base nas suas características, raça ou etnia”.

 

Comente esta notícia