Governo dá 1,5 milhões a trabalhadores da Segurança Social para cobrar dívidas

Depois dos trabalhadores do Fisco, agora é a vez dos trabalhadores da Segurança Social. Governo afirmou que pretende com este incentivo "fomentar a cobrança de dívida e potenciar o combate à fraude e evasão contributiva".

Governo dá 1,5 milhões a trabalhadores da Segurança Social para cobrar dívidas
Imagem: JN

O Executivo de António Costa definiu que o fundo de cobrança de dívidas vai receber 10% da taxa de justiça cobrada em 2018, avançou o jornal Público.

No total são 1,5 milhões de euros que visam incentivar a cobrança coerciva de dívidas à semelhança do que acontece para os trabalhadores do Fisco.

Quando em abril foram implementados incentivos à cobrança da dívida, o estado informou que o Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social (IGFSS) nos últimos três anos arrecadou em média “630 milhões de euros”.

governo da milhoes a trabalhadores da seguranca social para cobrar dividas

O grande objetivo do Governo é aumentar os níveis de eficiência na cobrança de dívidas, tendo inclusive criado para esse efeito o Fundo de Cobrança Executiva da Segurança Social (FCE), um fundo autónomo que não tem personalidade jurídica, gerido e administrado pelo IGFSS.

O Executivo afirmou que pretende com este incentivo “fomentar a cobrança de dívida e potenciar o combate à fraude e evasão contributiva”.

 

Comente esta notícia