Hacker que roubou emails do Benfica foi detido

E o Benfica já reagiu à detenção de Rui Pinto, dizendo que chegou o "tempo de verdade e justiça".

Hacker que roubou emails do Benfica foi detido
Imagem: CM

Rui Pinto, suspeito de ter roubado os e-mails internos do Benfica, foi detido esta quarta-feira em Budapeste, na Hungria, através de mandado de detenção europeu.

Em conferência de imprensa, a PJ confirmou que a detenção ocorreu esta quarta-feira, com a presença de elementos daquela força policial que “já estavam há algum tempo” na Hungria.

Hacker que roubou emails do Benfica foi detido

O detido é suspeito de crimes de extorsão qualificada na forma tentada, acesso ilegítimo, ofensa a pessoa coletiva e violação de segredo a várias organizações, incluindo do Estado português, e deverá ser levado para Portugal no máximo entre “três semanas e um mês”.

Rui Pinto, o único suspeito de ter roubado milhares de e-mails do Benfica, tem 30 anos, é licenciado em História e natural de Gaia.

Tal como avança o CM, há suspeitas de que os dragões foram os beneficiários diretos do ataque informático a servidores do Benfica, razão pela qual a investigação das autoridades no âmbito deste caso irá continuar.

Hacker que roubou emails do Benfica foi detido

O Benfica reagiu, entretanto, à detenção do hacker, dizendo que chegou o “tempo de verdade e justiça”. “O Sport Lisboa e Benfica respeita e seguirá atentamente o desenvolvimento do processo. Reitera que dará todo o seu contributo – na medida em que este lhe for solicitado – para que se descubra a verdade”, lê-se num comunicado divulgado pelo clube da Luz.

Leia o comunicado do Benfica na íntegra

“O Sport Lisboa e Benfica – Futebol SAD tomou conhecimento da detenção, no âmbito da Operação Cyberduna, de um cidadão nacional de 30 anos que, alegadamente, será o responsável pelo roubo da correspondência eletrónica do Benfica.

De acordo com a informação tornada pública pela Procuradoria-Geral da República e pela Polícia Judiciária, estão em causa factos suscetíveis de integrarem crimes de extorsão qualificada na forma tentada, acesso ilegítimo, ofensa a pessoa coletiva e violação de segredo. Este é o tempo da Justiça e da Investigação.

O Sport Lisboa e Benfica respeita e seguirá atentamente o desenvolvimento do processo. Reitera que dará todo o seu contributo – na medida em que este lhe for solicitado – para que se descubra a verdade.

O Sport Lisboa e Benfica – Futebol SAD estará, como sempre esteve, à disposição das autoridades e espera que este seja um passo importante para que se chegue à verdadee às motivações que possam ter estado por trás de um crime que tantos danos causoue continua a causar ao Sport Lisboa e Benfica”.

 

Comente esta notícia