Investigação revela ligações suspeitas entre J. Marques, Rui Pinto e Diogo Faria

O comentador do Porto Canal, Diogo Faria, é o nome em comum entre o hacker Rui Pinto e o diretor de comunicação dos dragões.

Investigação revela ligações suspeitas entre J. Marques, Rui Pinto e Diogo Faria
Imagem: CMTV

Uma investigação levada a cabo pela CMTV, do grupo Cofina, levantou algumas questões sobre a origem dos emails do Benfica revelados pelo FC Porto.

Rui Pinto, que está em prisão preventiva em Portugal, é o principal suspeito de ter entrado nos servidores do clube da Luz e roubado milhares de mensagens eletrónicas que comprometem o Benfica.

investigacao revela ligacoes suspeitas entre j. marques, rui pinto e diogo faria

Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, foi quem tornou públicas as informações sobre os alegados esquemas de corrupção dos encarnados.

Entre os dois parece, à primeira vista, não existir qualquer ligação. Mas, há um nome comum e que adensa o mistério em torno do caso dos mails. Trata-se do comentador do Porto Canal, Diogo Faria.

O comentador é funcionário dos azuis e brancos e é co-autor, com Francisco J. Marques, do livro “O Polvo Encarnado” no qual os dois portistas denunciam um alegado mega esquema de corrupção no futebol português com o Benfica à cabeça.

Além disso, revela a CMTV, também é antigo colega de Universidade de Rui Pinto. Os dois frequentaram o curso de História na Faculdade de Letras do Porto entre 2008 e 2011.

investigacao revela ligacoes suspeitas entre j. marques, rui pinto e diogo faria

Ainda assim, depois de confrontado com a ligação, Diogo Faria negou que tenha qualquer relação de amizade com o hacker.

“Na nossa turma havia mais de cem alunos. Nunca fomos amigos nem tivemos o mesmo círculo de amigos, Não o vejo há 5 ou 6 anos e neste período nunca contactei com ele”, disse Diogo Faria à CMTV.

O que é certo é que o Benfica tem vindo a reunir um conjunto de provas contra o FC Porto em relação ao caso dos emails, pois acredita que o clube está envolvido no assunto – apesar de Francisco J. Marques já ter esclarecido que os emails do clube da Luz lhe chegaram às mãos de forma gratuita.

 

Comente esta notícia