Judas vira costas a Bruno de Carvalho

Bruno queria Elsa Judas na sua lista, a liderar a Mesa da Assembleia Geral (MAG), mas a jurista não aceitou a proposta.

Judas vira costas a Bruno de Carvalho
Imagem: Expresso

Elsa Judas, antiga presidente da Comissão Transitória da Mesa da Assembleia Geral, nomeada por Bruno de Carvalho, recusou o convite do ex-presidente do clube para fazer parte da sua equipa na recandidatura à liderança do clube, avança o Record.

Sabe-se que Bruno queria a jurista a liderar a Mesa da Assembleia Geral (MAG) – lugar até agora ocupado por Jaime Marta Soares -, mas Elsa Judas não terá aceite a proposta, por discordar de algumas ideias do projeto, pelo que não deverá integrar a equipa.

Recorde-se que Judas era, até ao momento, uma apoiante incondicional do presidente destituído e tem sido uma das vozes mais críticas da atual direção do Sporting, por ainda não ter ultrapassado o momento de “assalto ao poder” que se diz vítima, tal como o seu clube do coração.

Judas vira costas a Bruno de Carvalho

Tanto é assim que, recentemente, publicou na sua página de Facebook uma nota insultuosa dirigida a Sousa Cintra, Torres Pereira e até a José Peseiro, atual treinador dos leões.

“Estou chocada! Acabei de perceber que os actuais dirigentes do SCP vivem no século XIX. Além de terem participado num “assalto ao poder” ao SCP, e depois de muito acusarem Bruno de Carvalho de ser mentalmente instável, então agora temos à frente do nosso clube, dois ‘psicopatas’, que matam animais selvagens e em via de extinção, por mero prazer, e ainda gozam com o seu sofrimento, na arena” – referindo-se ao novo treinador do Sporting, José Peseiro, a quem se refere como forcado.

 

Comente esta notícia