Mãe de Maëlys: "Vai assombrar-te até que ardas no inferno"

O corpo de Maëlys já foi encontrado e identificado. A mãe da menina lusodescendente escreveu uma mensagem de dor, raiva e amor nas redes sociais.

Mãe de Maëlys:
Imagem: JN

“Foram precisos cinco meses e meio para o monstro falar, tu, o assassino da minha filha”, começou por escrever Jennifer Cleyet Marrel, mãe de Maëlysde Araújo, num texto nas redes sociais.

O desejo de vingança ou de justiça é claramento dirigido a Nordahl Lelandais, o homem de 34 anos que confessou, esta quarta-feira, ter raptado e assassinado a menina lusodescendente, de 9 anos de idade, desaparecida em agosto do ano passado.

“Maëlys vai assombrar-te todas as noites na prisão até que ardas no inferno”, acrescentou. “A minha filha tinha a vida pela frente, tu tiraste-a de nós, nunca mais a vimos por tua causa, não poderei mais tomá-la nos meus braços e dizer-lhe o quanto a amo”.

maelys-de-araujo_ZAP

“Meu anjinho, não pude proteger-te deste predador, e essa culpa vai continuar a perseguir-me por muito tempo”, escreveu a mãe da menina.

“Maëlys estou tão orgulhosa de ti, meu pintainho, és tão linda tão sorridente és a minha maravilha, meu raio de sol e estarás sempre no meu coração. Esse monstro já não vai magoar ninguém agora… Que seja feita justiça e que nunca mais uma criança sofra de tal ato”, acrescentou.

“Sentimos tanto a tua falta… Unidos para sempre”, rematou.

 

Comente esta notícia