"Marcelo devia ter ido visitar a PSP e a GNR, não a Jamaica"

André Ventura, promotor do partido "Chega", teceu duras críticas ao Presidente da República por ter visitado o Bairro da Jamaica. “É uma lástima!"

Imagem: CM

André Ventura voltou a falar sobre o caso do Bairro da Jamaica, mas agora sobre a visita do Presidente da República àquela comunidade. Isto depois dos casos de agressão entre autoridades policiais e membros da comunidade do bairro.

“É uma lástima. O mais alto magistrado da Nação deveria ir visitar as esquadras da PSP e os quartéis da GNR que são constantemente alvo de violência, e não consolar zonas onde o crime parece ser uma das formas de subsistência”, defendeu o promotor do partido “Chega”.

Recorde-se que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitou, esta segunda-feira, o bairro Jamaica, no Seixal, sem anúncio prévio, sem comitiva e sem televisões, e aceitou o convite para estar presente na próxima festa da associação de moradores.

Esta visita, que não constava da agenda do chefe de Estado transmitida à comunicação social, foi divulgada posteriormente, através de uma nota na página da Presidência da República. E mereceu críticas de André Ventura.

“Marcelo não deixa de nos surpreender, agora com uma visita envergonhada ao bairro onde os ataques à polícia são frequentes e cada vez mais cruéis e organizados. De tal forma se sente envergonhado, que a página oficial da Presidência da República nem sequer anunciou a visita”, apontou o jurista, em declarações ao PT Jornal.

“Agora já não interessava publicitar os afetos e as selfies? Ou tinha medo que a caravana presidencial fosse assaltada?”, questionou ainda André Ventura.

 

Comente esta notícia