Marcelo envolvido em polémica autárquica

Teresa Leal Coelho afirma que Marcelo lhe manifestou o seu apoio. O Presidente não gostou.

Marcelo envolvido em polémica autárquica
Imagem: Lusa

Teresa L​eal Coelho, candidata do PSD à Câmara Municipal de Lisboa, afirmou esta sexta-feira que Marcelo Rebelo de Sousa foi dar-lhe “uma palavra amiga, de apoio”. Enquanto a social-democrata estava em campanha na capital, Marcelo passou por ela de carro, abrandou, abriu a janela e trocaram algumas palavras, até serem interrompidos por uma senhora.

Ao Observador, Teresa L​eal Coelho disse que conversaram “sobre como é que estava a decorrer a campanha” e sobre as suas expectativas para domingo. A candidata respondeu estar muito animada “e orgulhosa” da campanha realizada. Terminou dizendo que Marcelo foi dar-lhe “uma palavra amiga, de apoio” porque “é isso que os amigos fazem.”

Ainda assim, é caso para dizer “amigos, amigos, negócios à parte”, já que Marcelo não gostou das declarações da social-democrata. Aliás, a presidência da República publicou inclusivamente uma nota a esclarecer que “o Presidente da República não apoia nenhuma candidatura eleitoral e reprova qualquer tentativa de aproveitamento ou manipulação da sua posição”.

“Esta tarde, quando se dirigia da Igreja do Loreto para Belém, [Marcelo Rebelo de Sousa] cruzou-se com muitos lisboetas em diversas ações de campanha, de pelo menos três partidos, que saudou como sempre faz; quando estava no carro parado no trânsito, cruzou com uma quarta candidatura, tendo a cabeça de lista [Leal Coelho] atravessado a rua para o cumprimentar. Nada neste encontro autoriza qualquer interpretação de apoio específico”, diz o comunicado.

 

 

 

Comente esta notícia