Milionário recebe perdão de dívida de 116 milhões de euros

O perdão da dívida foi combinado por BCP, Novo Banco, BPI e Caixa Geral de Depósitos.

Milionário recebe perdão de dívida de 116 milhões de euros
Imagem: Notícias ao Minuto

Quatro bancos perdoaram uma dívida global de 116 milhões de euros a Pereira Coutinho, o milionário que em 2008 chegou a ser o quinto homem mais rico de Portugal.

Com este perdão da dívida por parte da banca, o empresário conseguiu vender a SIVA (importadora e comercializadora do grupo Volkswagen em Portugal) à Porsche (do grupo Volkswagen) por… um euro.

O perdão da dívida, combinado por BCP, Novo Banco, BPI e Caixa Geral de Depósitos, vai permitir salvar cerca de 650 postos de trabalho, associados à distribuição de veículos da Volkswagen, Audi e Skoda em Portugal.

Milionário recebe perdão de dívida de 116 milhões de euros

Sem a SIVA, o grupo SAG, de Pereira Coutinho, deixa de operar no mercado automóvel.

Para finalizar o negócio, o empresário pretende comprar as ações da SAG dispersas pelos pequenos acionistas (vai lançar, para tal, uma Oferta Pública de Aquisição) e, quando tiver cerca de 90 por cento do capital, retirar o grupo da bolsa.

As dificuldades financeiras de Pereira Coutinho tornaram-se mais visíveis no ano passado quando colocou à venda a ilha do Capítulo, em Angra dos Reis, no Brasil, por 14,5 milhões de euros.

A ilha tornou-se conhecida em Portugal em 2003 quando o primeiro-ministro, Durão Barroso, esteve lá a passar férias.

 

Comente esta notícia