Ministra brasileira gera polémica: "Menino veste azul, menina veste rosa"

A afirmação da nova ministra com a pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, foi registada no dia em que tomou posse.

Ministra brasileira gera polémica:
Imagem: DN

“Menino veste azul e menina veste rosa. Atenção, atenção: é uma nova era no Brasil”, disse a ministra Damares Alves, entre gritos de apoiantes, no dia em que o novo governo brasileiro, presidido por Jair Bolsonaro, tomou posse.

A consideração sexista da nova ministra foi registada em vídeo e posta a circular no Twitter. As reações foram imediatas, sendo que a maior parte delas contestavam os preconceitos de género contidos nas palavras da agora ministra.

 

No discurso de posse, Damares Alves foi suficientemente clara na afirmação da influência que a sua crença religiosa – é evangelista – terá na sua governação: “O Estado é laico, mas essa ministra é terrivelmente cristã. Acredito nos desígnio de Deus e propósitos de Deus”, afirmou.

A ministra criticou ainda a violência contra as mulheres e defendeu tratamento igualitário. “Somos o quinto país do mundo em feminicídio, que vergonha! Chega de violência, basta. Chega de violência contra a mulher nesta nação.”

No final do seu discurso, lembrou que foi violentada quando era criança e a ocasião em que declarou ter visto Jesus Cristo numa goiabeira.

 

Comente esta notícia