Moura Guedes volta a arrasar Sócrates: "Ele é culpado!"

Questionada sobre se ficava feliz de ver José Sócrates preso, a jornalista respondeu: "Com a prisão dele em particular? Não. Fico feliz se se fizer justiça (...) tenho que acreditar."

Moura Guedes volta a arrasar Sócrates:
Imagem: Lux

Sem papas na língua, Manuela Moura Guedes voltou a relembrar o caso que a afastou da televisão e que esteve na origem do fim da sua carreira como jornalista.

Numa entrevista à revista “TV Guia”, e convicta de todas as suas investigação que, em 2010, valeram-lhe a saída da TVI, a agora comentadora da SIC voltou a falar do caso e só espera “que consigam provar tudo”.

moura guedes volta a arrasar socrates

Com a Operação Marquês a decorrer, questionada sobre se ficava feliz de ver José Sócrates preso, Moura Guedes respondeu: “Com a prisão dele em particular? Não. Fico feliz se se fizer justiça. Mas tenho de acreditar num dos pilares básicos da democracia, tenho que acreditar.”

As suas ideias continua bem fixas quanto ao antigo primeiro-ministro: “Não tenho qualquer dúvida de que ele é culpado. Mas é que não tenho qualquer dúvida! Ele e mais não sei quantos. Foi muita gente! Era uma teia. Não basta uma pessoa para haver corrupção. A quantidade de empresas, de ligações, de tudo… só pode haver uma economia e uma democracia saudáveis se os corruptos forem castigados.”

moura guedes volta a arrasar socrates

Sem esquecer aquilo que passou em 2010, Manuela Moura Guedes volta a reforçar que foi dispensada da TVI exatamente por estar contra o sistema: “Que outra razão é que encontra? Eu era coordenadora, editora e apresentadora do Jornal mais visto da televisão portuguesa. Tinha tanta publicidade que até me queixava. As pessoas deixavam de ir jantar para ver aquele Jornal e depois acabam com ele? É estranho, não é?”, questionou.

“Aquele Jornal acabou quando ninguém estava à espera. Porquê? Pois, até dava notícias de corrupção do primeiro-ministro…”, disse, ironicamente.

 

Comente esta notícia