Braga: oferece fruta a quem passar para evitar desperdício

Até ao momento, este agricultor já ofereceu quase 200 quilos de ameixas do seu pomar.

Braga: oferece fruta a quem passar para evitar desperdício
Imagem: JN

Para não desperdiçar o excesso de ameixas produzidas este verão, João Rocha, morador na Rua Monsenhor Alves da Rocha, na freguesia de Cabreiros, em Braga, decidiu pôr sacos com a fruta em cima do muro de casa, para quem quiser pegar.

Sabe-se que, até ao momento, já doou quase 200 quilos e “ainda há mais para colher”, referiu em declarações ao JN.

Segundo João Rocha, este é o primeiro ano que toma esta iniciativa, porque o seu pomar é recente.

“Plantei cerca de 30 árvores de fruta e as ameixas brancas e vermelhas deram em grande quantidade. Para não desperdiçar, decidi deixar à porta de casa para quem quiser”, disse o bracarense, confessando que, atualmente, passa a maioria dos dias em Viana do Castelo.

Este gesto é muito comum por parte de quem tem hortas e pomares um pouco por todo o país. Se estranhava ver sacos de plástico com legumes e fruta pendurados nas grades das casas, agora já sabe o que é que significam.

 

Comente esta notícia