Pedro Guerra: Ana Gomes "é mentirosa compulsiva"

O Benfica e Vieira processaram Ana Gomes por esta ter dito que "há um passado de delinquência ligado a Vieira". A eurodeputada socialista reagiu, afirmando que mantém o que disse. Agora Pedro Guerra acusa-a de não ter credibilidade.

Pedro Guerra: Ana Gomes
Imagem: JN

Pedro Guerra acusou Ana Gomes de ser uma “mentirosa compulsiva”, a propósito das declarações da eurodeputada sobre Rui Pinto e “o passado de delinquência ligado” a Luís Filipe Vieira.

No decorrer do programa “Prolongamento”, emitido pela TVI 24, o comentador afeto ao Benfica disse não estar preocupado com as intervenções públicas de Ana Gomes, pois não lhe reconhece qualquer credibilidade.

Pedro Guerra: Ana Gomes “é mentirosa compulsiva”

Depois de Luís Filipe Vieira e do Benfica terem anunciado que vão processar a eurodeputada por difamação, Pedro Guerra afirmou que Ana Gomes “vai-se valer da imunidade de eurodeputada” para não ter de responder em tribunal. “Vai esconder-se por detrás disso”, reforçou.

Recorde-se que Ana Gomes, para além de criticar a justiça portuguesa por deter um denunciante (Rui Pinto) que está a colaborar com outras justiças europeias, evocou numa entrevista, o “passado de delinquência” ligado ao presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira.

“Não sei se os comentadores do FC Porto vão considerar que é ‘uma parasita’, como comentaram as declarações de outro eurodeputado socialista”, ironizou ainda Pedro Guerra. “Essa senhora não merece credibilidade”, concluiu o comentador.

Pedro Guerra: Ana Gomes “é mentirosa compulsiva”

Contudo, a intervenção mereceu uma “correção” do comentador do Sporting, Pedro Proença, que é advogado.

“Pedro Guerra, ao chamar mentirosa compulsiva a uma eurodeputada, incorre no mesmo risco que Ana Gomes ao fazer aquelas declarações”, avisou.

 

Comente esta notícia