Pinto da Costa espera escorregadela do rival: "Não há de ser sempre o Paixão no VAR"

Pinto da Costa falou com os jornalistas no final do jogo entre Liverpool e FC Porto, o qual os dragões perderam por 2-0.

Pinto da Costa espera escorregadela do rival:
Imagem: O Jogo

No final da partida em Anfield Road, que opôs o Liverpool ao FC Porto, o líder dos dragões falou na zona mista e não só salientou o pouco trabalho de Casillas, como também abordou a corrida ao título português.

“O Casillas? Hoje não teve muito que fazer, esteve de folga”, atirou Pinto da Costa.

Pinto da Costa espera escorregadela do rival:

Já sobre o polémico lance entre Salah e Danilo disse: “Danilo tem de dar graças a Deus porque isto é para partir uma perna, não é para tirar a bola”, acrescentou.

“Queremos é critérios iguais para todos, vejam a entrada que o Felipe levou amarelo e esta, que foi uma sorte não termos o Danilo a esta hora a caminho do hospital. Podemos marcar dois golos como aqui sofremos, o primeiro na primeira vez em que o Liverpool passou do meio-campo e com um ressalto. Continuámos à procura do golo, tivemos oportunidades, houve um pénalti que não foi assinalado por mão, é só verem, e o Felipe também foi agarrado”.

Pinto da Costa espera escorregadela do rival:

Depois da análise à partida, Pinto da Costa comentou a disputa com o Benfica na I Liga, em que os dois rivais estão em igualdade pontual, mas com o FC Porto em desvantagem no confronto direto.

“Temos que ganhar os seis jogos e esperar que o Benfica não ganhe todos. Também não há de ser sempre o Bruno Paixão no VAR”, disse o líder dos azuis e brancos, em alusão ao encontro entre as águias e o Feirense, que teve o juiz da AF Setúbal no videoárbitro.

 

Comente esta notícia