Polémica: revelada linguagem sexual que CR7 usou com Mayorga

Cristiano Ronaldo volta a ver exposta a sua intimidade. Expressões que, alegadamente, usou durante ato sexual com a norte-americana que o acusa de violação, foram divulgadas.

Polémica: revelada linguagem sexual que CR7 usou com Mayorga
Imagem: CM

O jornal alemão “Der Spiegel” voltou a publicar informações sobre a noite que envolveu Cristiano Ronaldo e a norte-americana Kathryn Mayorga. Desta vez, o testemunho do jogador português sobre a noite com a norte-americana e o facto dos seus advogados terem mudado as respostas de Cristiano para o ilibar.

De acordo com a publicação, os documentos provam como os advogados do craque tentaram minimiza’ os danos da alegada violação ao mudar a linguagem “obscena” que Ronaldo terá utilizado com Mayorga durante o ato sexual.

Polémica: revelada linguagem sexual que CR7 usou com Mayorga

O jornal revela que há duas versões do questionário de 41 páginas elaborado pelos advogados. Uma com as primeiras respostas de Ronaldo, datada de setembro desse mesmo ano, e outra já com data de dezembro, com as respostas do jogador já elaboradas pela equipa de advogados de Carlos Osório de Castro, à época homem de confiança de CR7 e seu advogado. A segunda versão é bem mais “educada” no que respeita à linguagem do que a primeira.

Polémica: revelada linguagem sexual que CR7 usou com Mayorga

Expressões sexuais como “bola de cuspo” e “toca-me ao bicho” usadas por Ronaldo enquanto estava com Mayorga, foram substituídas por “saliva” e “tocou-me no pénis”. O “Der Spiegel” refere ainda muito está ainda para ser clarificado neste polémico caso.

Recorde-se que na primeira versão, datada de setembro, Cristiano admite: “Penetrei-a por trás. Foram cinco a sete minutos de sexo anal. Ela disse que não queria mas mostrou-se disponível”. Já a versão de dezembro omite toda essa parte.

 

 

Comente esta notícia