Lisboa: praga de baratas invade Parque das Nações

Insetos são enormes e saem dos canos dos lavatórios. Moradores e lojistas estão muitos preocupados.

Lisboa: praga de baratas invade Parque das Nações
Imagem: ionline

Os moradores e lojistas da Alameda dos Oceanos, no Parque das Nações, em Lisboa, denunciaram a existência de uma praga de baratas, que têm invadido os prédios e os estabelecimentos comercias.

“Aquilo são autênticos caças-bombardeiros 747”, avançou a funcionária de uma loja ao JN, acrescentando que recentemente, teve de andar “à vassourada” para afastar os insetos e evitar que entrassem no estabelecimento. Os lojistas estão preocupados porque os bichos assustam os clientes e transeuntes.

A história é repetida por outros lojistas, dizendo que as baratas saem “pelos canos, no lavatório”, que são “clientes assíduos” nas garagens do Edifício Ecrã e que “são tão grandes que não são baratas, são baratonas”.

parque das nacoes

Fonte da Junta de Freguesia do Parque das Nações explicou que, por causa da queixa de um morador, foram feitas diligências junto da Câmara Municipal de Lisboa, que “procedeu, de imediato, a uma desbaratização”.

“Foi por causa dessa ação que as baratas vieram à superfície, tendo morrido pouco depois e sido removidas por uma equipa da Junta”, informou a mesma fonte, acrescentando que a Câmara tem em marcha uma campanha de combate a pragas, em diversas zonas da cidade. Os moradores agradecem. “São mesmo grandes. São baratas jurássicas”, disse uma das lojistas ao mesmo jornal.

 

Comente esta notícia