PS diz que Cavaco Silva devia ter "piado mais" em defesa dos portugueses

Ex-Presidente da República acusou o Governo de operar um "retrocesso da transparência da democracia".

PS diz que Cavaco Silva devia ter
Imagem: PSD

A deputada do Partido Socialista Susana Amador acusou hoje o ex-Presidente da República, Cavaco Silva, de falta de sentido de Estado, lamentando que, no tempo de Belém, não tenha “piado mais” na defesa dos portugueses.

“Eu gostaria que, durante o tempo em que esteve na Presidência da República, tivesse piado mais, ou seja, tivesse agido mais na defesa dos portugueses”, afirmou a deputada, em declarações aos jornalistas, no parlamento.

Em causa está a intervenção de Cavaco Silva na Universidade de Verão do PSD, durante a qual teceu duras críticas ao Governo de António Costa e ao atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmando que o país enfrenta um “retrocesso da transparência da democracia” e que há “vozes credíveis” a dizer que “a censura está de volta”.

Em reação, Susana Amador sublinhou que “o PS não podia deixar de lamentar estas intervenções, pela falta de sentido de Estado que as mesmas revelam, pela gravidade e por não corresponderem de todo à realidade”.

 

 

Comente esta notícia