"Queria uma menina, mas como é menino a única esperança é que seja bicha"

Foi, desta forma, que Jessica Athayde se referiu ao primeiro filho que vai ter com Diogo Amaral.

Imagem: Notícias ao Minuto

Não é segredo para ninguém que Jessica Athayde está a passar um mau bocado com a gestação do seu primeiro filho. A atriz faz questão de sublinhar isso mesmo nas publicações que faz nas redes sociais.

Desta feita, numa entrevista a Herman José, admitiu que os primeiros três meses de gravidez foram particularmente complicados. Confessou ainda que as mudanças que o seu corpo está a sofrer a fazem recordar a adolescência, altura em que teve dificuldades a aceitar o físico e lidou com uma anorexia nervosa.

Apesar de tudo isso,Jessica Athayde revelou que está ansiosa por ter o filho nos braços. No início da gravidez, tinha admitido que gostaria de ter uma menina, mas entretanto descobriu que vem aí um rapaz, afirmou no programa da estação pública: “Gostava que viesse uma menina, mas como é um menino a única esperança é que seja bicha”.

“E já se pode saber o nome da criança, ou ainda não?”, perguntou Herman José. “Se calhar vai ser Oliver, mas…como ninguém neste país vai gostar, vamos ter de mudar o nome”, brincou a atriz.

“Oliver? Eu acho lindo, sobretudo se te lembrares, por exemplo, de Oliver Twist”. A companheira de Diogo Amaral pareceu concordar, acrescentando: “Mas era tão infeliz… mas era bonito”.

O apresentador rematou com uma mensagem positiva, “No teu caso vai ser bonito de certeza, e feliz de certeza absoluta também. Eu apostava em Oliver”, mas a atriz preferiu deixar a dúvida no ar, “Oliver, vamos ver”.

 

Comente esta notícia