Rapaz agredido por colega de escola está em coma

Jovem de 17 anos está internado em estado crítico, no hospital de Gaia, depois de ter sido agredido por um colega, junto à paragem de autocarro da escola, em Oliveira de Azeméis.

Rapaz agredido por colega de escola está em coma
Imagem: CM

O caso, passado à porta da Escola Básica e Secundária Ferreira da Silva, em Cucujães, Oliveira de Azeméis, está a ser investigado pela Polícia Judiciária (PJ) do Porto.

Tudo aconteceu no exterior do estabelecimento de ensino, logo à saída de um autocarro. Terá sido a vítima a procurar tirar satisfações com o outro rapaz, também de 17 anos, que estava com amigos.

De acordo com testemunhas houve agressões mútuas, com socos e pontapés. A vítima acabou por ser pontapeada até cair no chão e bater com a cabeça, tendo ficado inconsciente. As agressões terão continuado mesmo depois da queda.

Rapaz agredido por colega de escola está em coma

Inanimado, o aluno foi levado de urgência para o Hospital de Santa Maria da Feira e daí transferido para o de Vila Nova de Gaia, onde foi submetido a intervenções cirúrgicas. Encontra-se em coma induzido e permanece em estado crítico na unidade de cuidados intensivos.

O adolescente é filho de emigrantes na Suíça. A família terá comprado uma casa em Nogueira do Cravo e regressado definitivamente a Portugal há cerca de um ano. Os pais, que têm um outro filho mais novo, têm passado os dias no hospital a acompanhar a situação do rapaz.

Rapaz agredido por colega de escola está em coma

“Agora estamos preocupados com a saúde do meu filho, mas vamos depois querer saber tudo o que se passou”, disse Marcos Martins, pai da vítima, em declarações ao JN.

“Não esperava uma coisa destas. Na Suíça vive-se com pessoas de várias nacionalidades nas escolas e não se passam estas coisas graves”, acrescentou.

Marcos Martins diz que o filho é um jovem “muito calmo e gentil com as pessoas” e que nunca lhe tinha falado de estar a ser perseguido ou ameaçado por outro aluno.

Sabe-se que o agressor, também de 17 anos, foi suspenso da Escola, enquanto decorrer a investigação da PJ.

 

 

Comente esta notícia