Revolta: iogurtes e leite na validade despejados no lixo

Os habitantes de uma freguesia transmontana estão revoltados com tamanho desperdício e perguntam-se que tipo de pessoa despeja produtos no lixo, se se pode dar a quem mais precisa.

Revolta: iogurtes  e leite na validade despejados no lixo
Imagem: PTJornal

Já não é a primeira vez que os habitantes de uma freguesia do concelho de Vila Pouca de Aguiar, em Trás-Os-Montes, encontram no caixote do lixo grandes quantidades de produtos alimentares. Apesar de desconfiarem que é um supermercado que faz tais despejos, perguntam-se porque não se doa, em vez de pôr ao lixo, sobretudo quando há tantas pessoas que não podem comprar este tipo de alimentos.

“Estes iogurtes estavam dentro do caixote do lixo aqui na Lixa do Alvão! Já não é primeira vez que encontramos estas quantidades de iogurtes aqui no caixote do lixo”, escreveu uma habitante local nas redes sociais, garantindo que os produtos ainda tinham dias de validade pela frente.

revolta-iogurtes-e-leite-na-validade-despejados-no-lixo_PTJornal

A reação à publicação não se fez esperar. Muitos portugueses fizeram questão de comentar e partilhar a sua revolta com tamanho ato de egoísmo.

“E tanta gente a morrer de fome”, “tanta gente a precisar”, “as pessoas agora preferem deitar no lixo do que darem a pessoas que precisam”, “o que será que estas pessoas tem na cabeça? Pura tristeza”, lê-se em alguns dos comentários.

A imagem não deixa margem para dúvidas. São dezenas de iogurtes, de diversas marcas, e pacotes de leite que foram literalmente deixados em cima de um contentor do lixo. “Se foi para quem precisasse levar, é, sem dúvida, um excelente sítio para se deixar comida para os pobres. Miseráveis!”, lê-se noutra reação à publicação.

 

Comente esta notícia