Rosa Grilo: "Divertimo-nos muito na cadeia"

Numa entrevista à RTP, a viúva do triatleta, que partilha a cela com duas traficantes de droga, disse que se diverte imenso na cadeia e que está muito bem instalada.

Rosa Grilo:
Imagem: CM

Rosa Grilo é afinal uma mulher feliz na cadeia de Tires. Numa entrevista à RTP, a viúva do triatleta Luís Miguel Grilo referiu que na cadeia de Tires se sente protegida e que foi lá que soube quem eram os seus verdadeiros amigos – os pais e o filho.

A viúva partilha cela com mais três reclusas, duas das quais traficantes de droga, mas diz que as suas instalações são boas em comparação com outras.

Rosa Grilo apresentou-se maquilhada, com brincos e sorriso nos lábios. A viúva disse ainda que lê muito e que, agora, tem tempo para escrever.

Rosa Grilo:

A viúva revelou ainda que esteve um mês sozinha numa cela de admissão e que ficou assustada quando soube que ia lidar com outras reclusas. Porém o medo inicial tornou-se algo positivo, pois considera que as reclusas são todas espetaculares.

Recentemente, soube-se que Rosa Grilo e o amante marcaram férias horas antes de matar o triatleta e planearam o crime por SMS. O Ministério Público acredito que foi o amante de Rosa quem apertou o gatilho, mas juntos esconderam o corpo.

O plano do homicídio, andaria a ser preparado há sete semanas. registo nas portagens por onde passaram ou localização dos telemóveis foram as primeiras pistas analisadas pelas autoridades.

Rosa Grilo:

Muitas outras ficaram escondidas nos 931 contactos telefónicos feitos entre Rosa e António, entre 1 de julho e 28 de agosto. Entre chamadas de voz e mensagens de texto, ambos acertaram “os detalhes relativos ao plano por ambos delineado para tirar a vida de Luís Grilo e ocultar o corpo do mesmo, bem como iludir as autoridades policiais”, lê-se na acusação do Ministério Público.

“Não te esqueças de apagar a conversa”, escreveu António a Rosa, através do telemóvel do filho, três dias antes de cometerem o homicídio.

Apesar das inúmeras pistas, a viúva continua a dizer que “nunca faria nada que pudesse afastar-me do meu filho. Nem homem nenhum nem todo o dinheiro do mundo”.

 

Comente esta notícia