Rui Vitória: "A Liga dos Campeões não é um drama"

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Ajax, para a Liga dos Campeões, o treinador do Benfica tentou aliviar a pressão sobre o plantel, dizendo que todos sentem a responsabilidade, mas não é um drama (caso percam).

Rui Vitória:
Imagem: PTJornal

“O jogo de Amesterdão mostrou um Ajax de qualidade, mas também mostrou um Benfica que se bateu de igual. Foi um pequeno pormenor a fazer a diferença no resultado. Amanhã é fundamental olhar para os atributos do Ajax e saber que vamos encontrar uma equipa de qualidade. Temos de ser concentrados e rigorosos para vencer. Os índices de concentração e eficácia amanhã farão a diferença”, começou por dizer Rui Vitória na antevisão do jogo com o Ajax, desta quarta-feira.

Confrontado pelos jornalistas com a sua demissão, dada a má fase que atravessa na Luz, Rui Vitória foi evasivo: “O importante agora é o Benfica. Mais do que questões particulares do Vitória ou do presidente, é ter a noção que é um jogo importante. Nunca perder a lucidez e capacidade de perceber o contexto em que estamos. As fases acontecem, assim como momentos menos bons”, declarou.

Rui Vitória:

“Olho para a qualidade do trabalho, as reações e conversas no grupo, e só tenho um pensamento: ganhar amanhã. Pensar em algo que não se controla não vale a pena”, continuou.

“Primeiro, focando-nos naquilo que podemos controlar, essa é a melhor base para os jogadores poderem assentar ideias. A importância do jogo não se pode sobrepor ao prazer que é disputar a Liga dos Campeões. Esta competição não é um drama para nós, temos responsabilidade, mas não é um drama”, atirou.

Sempre optimista e a evitar aprofundar as especulações sobre o seu futuro, Vitória aparentava não estar muito preocupado com o resultado da partida com os holandeses – da fase de grupos da Liga dos Campeões, que terá lugar no Estádio da Luz.

Neste momento, a estratégia parece ser a de aliviar a pressão sobre a equipa, incluindo a equipa técnica. Mas, será que os adeptos não esperavam um discurso e uma atitude mais aguerridos?

 

Comente esta notícia