Rui Vitória foi obrigado a casar para poder ganhar muitos milhões

Ex-treinador do Benfica foi forçado a oficializar a relação com Susana Barata antes de rumar à Arábia Saudita - caso contrário a companheira poderia ser impedida de o visitar e dormir com ele na mesma casa.

Rui Vitória foi obrigado a casar para poder ganhar muitos milhões
Imagem: Flash

Rui Vitória deixou o Benfica e assinou contrato com o Al Nassr, clube da Arábia Saudita, no passado dia 10 de janeiro, viajando para o país 3 dias depois… sem a família.

A companheira, Susana Barata, e os 4 filhos do treinador ficaram em Portugal, onde pretendem permanecer.

Rui Vitória foi obrigado a casar para poder ganhar muitos milhões

O ex-treinador do Benfica irá viver no país árabe pelo menos 1 ano e meio e deverá ganhar cerca de 7 milhões de euros livres de impostos. Este valor representa um grande aumento de ordenado em relação ao que ganhava no Benfica, onde ganhava, na fase final, depois de ter renovado, 1,4 milhões por ano brutos.

Mas não foi só com a distância que o casal se viu obrigado a lidar. Na véspera de assinar contrato com o Al Nassr, Vitória viu-se obrigado a oficializar a relação com Susana, com quem tem 3 filhos. Assim, o treinador e a professora casaram-se pelo civil no dia 9 de janeiro, numa cerimónia que aconteceu na Conservatória do Registo Civil de Loures.

Rui Vitória foi obrigado a casar para poder ganhar muitos milhões

Isto, porque a Arábia Saudita é um país muito conservador e Susana poderia ser impedida de visitar o companheiro – e dormir com ele na mesma casa – se não fossem casados.

Apesar do casamento, Susana continua a manter o apelido Barata. Recorde-se que este é o segundo casamento de Rui Vitória. O treinador já tinha sido casado e tem uma filha mais velha, fruto desse mesmo casamento.

 

Comente esta notícia