Proposto salário de 182 mil euros anuais para Varandas

E se objetivos desportivos e financeiros forem alcançados, o valor pode ascender aos 273 mil euros.

Proposto salário de 182 mil euros anuais para Varandas
Imagem: JN

A Assembleia Geral da SAD do Sporting vai reunir-se no dia 1 de outubro para ratificar “a política de remunerações dos órgãos sociais da Sociedade adotada no exercício de 2018/2019, em virtude de a Comissão de Acionistas apenas ter sido eleita pela Assembleia Geral em 26 de outubro de 2018, não tendo por isso sido apresentada à Assembleia Geral anual da Sociedade realizada em 30 de setembro de 2018 uma proposta de política de remunerações dos órgãos sociais da Sociedade para o exercício de 2018/2019.”

Assim, é explicado na convocatória que “apenas os membros executivos do Conselho de Administração da Sociedade são remunerados”.

É sugerido que a remuneração fixa para executivos do Conselho de Administração seja de 131 mil euros brutos anuais e que para o presidente do conselho de administração, ou seja, para Frederico Varandas, seja de 182 mil euros, igualmente brutos por ano.

Já a remuneração variável será “determinada anualmente pela Assembleia Geral da Sociedade, com referência ao ano anterior, sob proposta da Comissão de Acionistas, em função do cumprimento de diferentes objetivos desportivos e financeiros”.

proposto salario de 182 mil euros para Varandas

“Para o exercício de 2019/2020, essa remuneração variável é fixada em 50% da remuneração fixa de cada um dos membros remunerados do Conselho de Administração da Sociedade.”

No que diz respeito aos objetivos, que depois vão definir a remuneração variável, dividem-se em dois grupos: desportivos e financeiros.

Os desportivos são “definidos por referência aos resultados obtidos pela equipa profissional de futebol (Equipa A), podendo ser proporcionais ao rendimento que a Sociedade obtiver uma vez alcançados esses objetivos.”

Os financeiros, por sua vez, são “definidos por referência a metas financeiras sustentáveis e limitadas pelos objetivos estipulados no Acordo Quadro de Reestruturação Financeira celebrado entre a Sociedade e as Instituições Bancárias a 14 de novembro de 2014, tal como pelas regras de Fair Play Financeiro da UEFA”, lê-se ainda na convocatória.

Se forem alcançados os objetivos desportivos e financeiros, Varandas pode receber um salário anual bruto de 273 mil euros e os restantes acionistas de 196,5 mil euros.

 

Comente esta notícia