Sporting de Braga reage mal aos comentários de Sousa Tavares na TVI

“Trauliteiro, arrogante, desdenhoso e, acima de tudo, néscio”. Foi assim que o clube minhoto se dirigiu ao comentador.

Sporting de Braga reage mal aos comentários de Sousa Tavares na TVI
Imagem: A Televisão

No seu espaço de comentário semanal, na TVI, o jornalista Miguel Sousa Tavares abordou o cenário de venda do estádio municipal de Braga, colocado em cima da mesa, por iniciativa do município da cidade, que decidiu referendar a medida.

Sousa Tavares defendeu que clube minhoto “joga praticamente de borla” no seu estádio, “sustentado pela Câmara”. E considerou que existe concorrência desleal em relação a outros clubes, em particular os três grandes, que suportaram a maioria da fatura dos estádios construídos para o Euro’2004.

Sporting de Braga reage mal aos comentários de Sousa Tavares na TVI

O Sporting de Braga, que ocupa atualmente o terceiro lugar no campeonato, reagiu aos comentários, emitindo um comunicado onde critica duramente as declarações do comentador.

“O horário nobre do canal de televisão mais visto em Portugal serviu, ontem à noite, para que Miguel Sousa Tavares voltasse a destilar o ódio ao Sporting Clube de Braga que alimenta há anos”, lê-se na nota divulgada no site oficial do clube.

O comentário foi a “enésima demonstração daquilo que Miguel Sousa Tavares é enquanto comentador e formador da opinião pública: trauliteiro, arrogante, desdenhoso e, acima de tudo, néscio”.

Sporting de Braga reage mal aos comentários de Sousa Tavares na TVI

O clube esclarece ainda que “o SC Braga tem custos com o estádio e com a operação do estádio que superam os 750 mil euros por ano e que incluem eletricidade, água, gás, tratamento dos relvados, segurança diária e muitas outras pequenas rubricas que representam uma fatia considerável do orçamento da SAD”, referindo ainda os custos com a organização dos jogos e os investimentos na melhoria das condições do estádio que contabilizam ter atingido já os 2,5 milhões de euros.

Os minhotos garantem que “sendo despesas que resultam da utilização do recinto, são custos que o SC Braga não reclama, mas que entende, de uma vez por todas, que devem ser do conhecimento público, desmistificando a ideia de uma relação privilegiada”.

Sporting de Braga reage mal aos comentários de Sousa Tavares na TVI

A par dos comentários aos custos elevados de manutenção do Estádio Municipal de Braga e à renda reduzida que é paga à Câmara Municipal pela utilização do recinto desportivo, Miguel Sousa Tavares disse ainda que “o Braga não tem assistência”, colocando o clube num patamar inferior ao do Vitória de Guimarães — o rival direto, no que toca ao numero de adeptos.

O comunicado termina ao considerar que “Sousa Tavares desrespeitou e ofendeu a instituição, desconsiderando-se também enquanto jornalista e prestando um lamentável serviço ao canal que representa e ao público que tem o dever de servir e informar”.

 

Comente esta notícia