Sporting vence Benfica e vai jogar a final com o FC Porto

E Francisco J. Marques, diretor de comunicação do FC Porto, já acusou o Benfica de "falta de fair play e de coação sobre os árbitros", depois da confusão que se instalou no final da partida da 2.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal.

Sporting vence Benfica e vai jogar a final com o FC Porto
Imagem: CM

O Sporting qualificou-se pela 29.ª vez para a final da Taça de Portugal de futebol, ao vencer o Benfica em casa, por 1-0. Vai disputar o troféu com o FC Porto, no dia 25 de maio.

Depois de terem perdido na Luz o jogo da primeira mão das meias-finais, por 2-1, os leões ganharam no Estádio José Alvalade com um golo de Bruno Fernandes, que marcou aos 75 minutos, depois de já ter feito o golo fora que vale a qualificação.

Sporting vence Benfica e vai jogar a final com o FC Porto

O Sporting, que ergueu o troféu 16 vezes, regressa, assim, ao Estádio Nacional um ano depois de ter sido derrotado pelo Desportivo das Aves, por 2-1. Já o FC Porto, que eliminou o Sporting de Braga (3-0 em casa e 1-1 fora), também procura conquistar a Taça de Portugal pela 17.ª vez.

Sobre a partida de ontem em Alvalade, o diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, aludiu ao episódio da perseguição a José Pratas em Coimbra, feita pelos jogadores do FC Porto, para comparar a atitude do jogador do Benfica, Rafa, no final do polémico dérbi.

“José Pratas a fugir dos jogadores do FC Porto, vai amanhã escrever o Lampiões Diário. Valeram os assistentes a travar o ataque. Quantos jogos de castigo valerá este género de comportamento depois de Sérgio Conceição apanhar oito dias por ter passado um jogo a ser insultado”, escreveu Francisco J. Marques na sua página de Twitter.

 

Recorde-se que Rafa perdeu a cabeça após o apito final e criticou o árbitro da partida, perseguindo-o e aplaudindo ironicamente o trabalho durante os 90 minutos. Rafa acabou por ser expulso e deverá estar a contas com um processo disciplinar na sequência do episódio.

Também na newsletter “Dragões Diário”, o FC Porto criticou aquele que diz ter sido um “triste espetáculo de falta de fairplay, provocação e coação” do Benfica.

“O conforto encarnado para o segundo jogo desta meia-final era tão grande que, perante a derrota e a eliminação, o resultado foi o que se viu: os jogadores do Benfica deram um triste espetáculo de falta de fairplay, provocação e coação sobre adversários e equipa de arbitragem”, lê-se na nota.

 

Comente esta notícia