Tribunal solta suspeito de agredir grávida de 9 meses

Depois de agredir a companheira grávida a soco e a pontapé na via pública, homem foi libertado. Tem pulseira eletrónica, está proibido de contactar a vítima e terá que se sujeitar a tratamentos para largar álcool e droga.

Tribunal solta suspeito de agredir grávida de 9 meses
Imagem: JN

O homem de 28 anos que foi detido em flagrante a agredir a companheira grávida de 9 meses, em plena via pública, vai aguardar julgamento em liberdade.

Tal como avança a TVI 24, o homem, que foi detido por um polícia à civil, que estava de folga, foi presente, esta quarta-feira, a um juiz do Tribunal Judicial de Vila Franca de Xira, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de proibição de permanência na habitação.

Sabe-se, também, que foi libertado com pulseira eletrónica, está proibido de contactar a vítima e terá que se sujeitar a tratamentos das dependências de álcool e droga.

Tribunal solta suspeito de agredir grávida de 9 meses

A mulher que foi espancada continua internada no hospital e, sabe-se, já teve o bebé. O menino nasceu esta quinta-feira à noite, no hospital de Vila Franca de Xira. Um deslocamento da placenta já tinha sido detetado, pelo que o parto foi antecipado.

Depois da mulher ter dito às autoridades que era agredida regularmente e pelo facto deste ser o segundo filho do casal, a situação foi comunicada à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens.

Este é o vídeo do momento em que o agressor foi detido pelo polícia à civil >>

 

 

Comente esta notícia