Varandas leva as mãos à cabeça e Keizer assume que foi um jogo difícil

O Sporting empatou com o Marítimo no primeiro jogo que fez para o campeonato. Frederico Varandas levou as mãos à cabeça e saiu dos Barreiros pela garagem. Já Keizer afirmou que a deslocação ao Marítimo foi "difícil".

Varandas leva as mãos à cabeça e Keizer assume que foi um jogo difícil
Imagem: Record

O Sporting empatou a uma bola com Marítimo, na 1.ª jornada da Liga NOS. Presidente, adeptos e equipa técnica desesperaram pelas oportunidades que os leões falharam ao longo do jogo.

No final da partida, Marcel Keizer, técnico dos leões, admitiu que o golo de Getterson, aos 8 minutos da partida, acabou por dificultar o papel da equipa no terreno do jogo.

“Foi uma partida difícil. Penso que começamos melhor, mas o golo deitou-nos um pouco abaixo. Demoramos cerca de 15 minutos a voltar ao jogo. Depois disso, fomos a melhor equipa em campo e conseguimos marcar o golo e estabelecer a igualdade”, afirmou em declarações prestadas após o final do encontro, à Sport TV.

keizer assumiu que foi jogo dificil

Questionado sobre a escolha de Luiz Phellype titular, em detrimento de Bas Dost, o técnico dos leões disse: “Temos dois avançados muito bons, escolhi o Luiz Phelippe porque coloca muita pressão nos defesas e precisávamos disso para este jogo.”

Também sobre as estreias de Vietto e de Eduardo, Keizer fez questão de frisar que “os novos jogadores ainda têm de se adaptar ao nosso jogo, é o início de uma nova temporada. Penso que ainda têm muito mais para dar do que aquilo que demonstraram hoje, mas aconteceu assim.”

keizer assume que foi jogo dificil

Já sobre Bruno Fernandes, que foi eleito o melhor em campo, Keizer disse que “não há nada a apontar-lhe. A mentalidade dele é brilhante é isto que se pode esperar do Bruno.”

Frederico Varandas não prestou qualquer declaração aos jornalistas, uma vez que saiu diretamente das bancadas para a garagem, mas a sua postura durante o jogo não era a de um presidente satisfeito.

Recorde-se que desde que voltou ao trabalho após as férias, os jogadores do Sporting ainda não festejaram uma única vitória e os adeptos não estão nada contentes.

 

Comente esta notícia