"Vitória dos dragões em Alvalade afasta o Sporting da luta pelo título"

Sobre o clássico do próximo sábado, Eurico Gomes considerou ainda que o jogo opõe uma equipa disciplinada a uma pouco consistente. "O Sporting joga quando lhe apetece, no FC Porto ninguém mete o pé na argola"

Imagem: O Jogo

“O FC Porto é favorito face ao momento que passa. Se observarmos o posicionamento emocional das duas equipas há uma que segue o seu trilho e outra que está a deambular pelo que lhe parece ser o mais correto face às mudanças que teve nos últimos tempos”, disse o antigo jogador Eurico Gomes, em declarações à Lusa.

Com as duas equipas separadas por oito pontos, com vantagem para os dragões, Eurico Gomes considera que o Sporting só pode pensar em ganhar no sábado.

“O Sporting não pode empatar este jogo se se acha com capacidade para pensar em ser campeão e para atingir níveis de outros tempos, o Sporting tem que aceitar que o clássico é para ganhar”, afirmou, numa antevisão ao jogo de sábado, no estádio José de Alvalade.

Ao invés, uma vitória azul e branca, que não acontece em Alvalade desde outubro de 2008, permitirá ao FC Porto “dar um passo de gigante rumo ao título”.

“[O FC Porto] Fica com o Benfica e o Braga um bocadinho à perna, mas tira da luta um clube que à 17ª jornada pode abdicar do título, que é o Sporting”, disse.

Eurico Gomes, o único futebolista que conquistou títulos nos três grandes, considera que o Sporting “tem uma equipa que se baseia muito em jogar quando lhe apetece, um pouco como se passa dentro do clube”, enquanto no FC Porto “há disciplina, rigor e cultura de trabalho diário, ninguém mete o pé na argola”.

O antigo futebolista entende que os sete triunfos conseguidos após a chegada do treinador Marcel Keizer, foram “pantanosas”.

“O Sporting é oscilante, não foi muito bom aquelas quatro ou cinco vitorias [sete em todas as competições] para um treinador jovem e novo que não conhece nada do futebol português. Foram vitórias pantanosas, foi a vontade dos jogadores que deu essas vitórias e agora a vontade é menor, já estão mais estabilizados e tranquilos”, afirmou.

O Sporting parte para o clássico, agendado para as 15:30 horas de sábado, na quarta posição da I Liga, com 34 pontos, menos oito do que o FC Porto, que lidera com seis pontos sobre o Braga, e sete em relação ao Benfica, segundo e terceiro da tabela, respetivamente.

 

Comente esta notícia